E. M. Brigadeiro Nóbrega

Histórico

O prédio foi construído na Administração do Dr. HERMÍNIO OUROPRETANO SARDINHA, Diretor da Colônia Penal Cândido Mendes, órgão do Ministério da Justiça e Negócios Interiores, tendo sido inaugurado no dia 15 de novembro do ano de 1946, recebendo o nome de ESCOLA OURO PRETO. A primeira formatura da turma de quinta-série foi realizada no dia 25 de março de 1947, tendo como dirigente Dona MIRTES COSTA SANTOS.
Mais tarde, o Governador Ernani do Amaral Peixoto, tendo a frente o Técnico de Educação Dr. José Augusto de Câmara Torres, prestou uma justa e merecida homenagem ao Brigadeiro LUIZ PEREIRA DA NÓBREGA DE SOUZA COUTINHO, um dos filhos da poética e querida terra dos Reis Magos, primeiro ministro da guerra do Brasil Império.
Em 30 de agosto de 1948, foi criado pela Lei nº 200, o então Grupo Escolar Brigadeiro Nóbrega, que, em 22 de agosto de 1982 foi municipalizada através da Portaria nº 2.936, passando a chamar-se Escola Municipal Brigadeiro Nóbrega.
Atualmente esta Unidade Escolar conta com 505 alunos distribuídos em três turnos, nas turmas de Pré-Escolar, do 1º ao 9º ano de Escolaridade e Educação de Jovens e Adultos, tendo na equipe de Direção as Professoras Danielle da Silva Raymundo, Vanessa de Oliveira Medeiros e a Pedagoga Manuela Bianconi Bessa Quintela.
Seguindo o Referencial Curricular da Secretaria Municipal de Educação, Ciência e Tecnologia, que se fundamenta na proposta Construtivista na perspectiva Sociointeracionista, permeada pelos eixos norteadores da Transversalidade, Valorização dos Profissionais da Educação e Política de Inclusão.
Nossa equipe tem como desafio o desenvolvimento e a ampliação de conhecimento e habilidades cognitivas que possibilite ao aluno situar-se no mundo de hoje; ler e interpretar a grande quantidade de informações existentes; conhecer e compreender tecnologias disponíveis, bem como continuar seu processo de aprendizagem de forma autônoma.
As questões relativas à globalização, ao meio ambiente e sustentabilidade,  inclusão, transformações científicas e tecnológicas e a necessária discussão ético-valorativa da sociedade, apresentam para a escola a imensa tarefa de instrumentalizar os alunos, oportunizando a vivência de situações diversificadas que favoreçam o aprendizado.
Atualmente, desenvolvemos os seguintes Projetos e Oficinas: Programa de Orientação Sexual, Bullying, Contos de Fada, Cenas de Cinema, Sou Surf, Coral, Teatro, Xadrez, Horta, Ciranda, Ilha Design, além da parceria com o NESA/UERJ –Núcleo de Estudos da Saúde do Adolescente e, mais recentemente, o Programa UCA –Um Computador por Aluno.
Início